Fatos Históricos » Contexto Histórico da Comunicação

Sobre Contexto Histórico da Comunicação:

Lead, objetividade e diagramação revolucionam o impresso.

Diário Carioca traz o lead e a diagramação da imprensa americana nos anos 1940

O curso de Jornalismo da PUCRS começa em 1952 em meio a uma revolução na imprensa gráfica brasileira, iniciada na década anterior pelo Diário Carioca, que circulou no Rio de Janeiro de 1928 a 1964. Os jornais, que antes eram paginados nas oficinas de impressão pelos gráficos, passam a ser diagramados pelos jornalistas nas redações. O nariz de cera da abertura das matérias, os textos prolixos e opinativos foram substituídos pelo lead, sublead, pirâmide invertida e redação objetiva, garantidos por um novo elemento fundamental que surge nas redações, o copidesque, encarregado de corrigir ou reescrever as matérias.

Os cursos de Jornalismo aparecem com a missão de ensinarem jovens e atualizar antigos profissionais na arte nova de desenhar páginas e escrever com objetividade, clareza, propósitos de neutralidade e ética, veracidade e de forma sucinta e sem adjetivações. As faculdades ainda se propunham a profissionalizar as assessorias de imprensa, renovar o rádio e descobrir as possiblidades da televisão recém-lançada.

Os grandes jornais brasileiros na década de 1950 eram O Estado de S. Paulo (1875), o Correio da Manhã (1901-1974) e o Jornal do Brasil (1891) do Rio de Janeiro, o Correio do Povo (1895) de Porto Alegre, Estado de Minas (1928) de Belo Horizonte e o Diário de Pernambuco (1825) de Recife. Tinham também tradição e influência o Jornal do Commercio do Rio (1827) e o de Pernambuco (1919). O Globo, do Rio, era um jornal vespertino popular. A Última Hora, a grande novidade política e sensacionalista, tinha sido lançada no ano anterior, em 1951, para apoiar o trabalhismo. A Folha de S. Paulo, o jornal de maior tiragem e importância hoje no Brasil, ainda não existia. Surgiu em 1960 de uma fusão de três períodicos populares: as folhas da Manhã, Tarde e Noite.

Naquele março de 52, na primeira aula de Jornalismo no Colégio Rosário, para 47 alunos matriculados, ainda havia um mundo a ser desbravado na comunicação social.

 

Curso(s):

Década(s) de referência: 1950

Ano de referência: 1952

Produção do material sobre este evento: Tibério Vargas Ramos

Dados cadastrados por: Milena Nyland

Post publicado em: 8 de maio de 2015